Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Lugares’ Category

Tesão em ler

Nelson Rodrigues, Milo Manara, Bruna Surfistinha, Marta Suplicy e Vibrador Literário.O que todos esses nomes possuem em comum, é um apreço, um gosto, um interesse seja ele acadêmico, prático ou literário, sobre SEXO,erotismo ou a safadeza mesmo.  E todos com exceção do Vibrador Literário têm um espaço especial na Nova “Biblioteca de São Paulo”.

área adulta

Visitei o lugar, que ainda assim como a biblioteca, existe a pouco tempo, inaugurado em fevereiro deste ano, em um espaço restrito, escolha tomada por conta do grande número de crianças que circulam pelo local e que ainda não estão prontas para olhar as ex-BBB’s em fotos mostrando como elas vieram ao mundo, oferecidas pela revista Playboy, publicação que esta para consulta no espaço.

Além da revista de Hugh Hefner, o acervo oferecido pela Biblioteca tem publicações como a revista Trip e Vip que tem um segmento do nu não explícito. A fotografia erótica não conta apenas com o apoio dessas revistas, há também livros sobre o tema que podem ser consultados.

Quem leu o texto do VL sobre Hentai e achou que apenas os japoneses gostam de fetiche em quadrinhos, pode se surpreender e conhecer no acervo algumas das obras da arte seqüencial erótica escrita por artistas europeus como Guido Crepax e Milo Manara, que fazem dos quadrinhos um canal para mostrar a arte sensual.As estantes que ainda estão sendo preenchidas podem te ajudar naquele momento que talvez você precise de algo novo, pois a Biblioteca oferece versões da Bíblia do Sexo, o “Kama Sutra”, que pode ser consultado sem que precise ficar ruborizado de vergonha.E para quem gosta de aprender mais sobre como funciona a nossa cabeça na hora H ou mesmo se informar sobre como prevenir doenças pode ler o material didático que o espaço reserva.

É claro que junto com toda essa diversidade de formatos sobre “rala-e-rola”, é no romance que encontramos uma forma peculiar de expressar e entender a nossa libido. Nas estantes temos um bom número de livros sobre o tema, desde o já citado “Anjo Pornográfico” Nelson Rodrigues  ao “ Velho Safado” Charles Bukowski, e estes compartilham seu espaço com autores como Dalton Trevisan, Gregório de Matos e outros.

Enfim este é um local dedicado para quem quer se excitar de outras maneiras ou saber mais um pouco sobre sexo, portanto não deixe de visitar a Biblioteca de São Paulo e se esbaldar com seus deliciosos livros sensuais. Para saber um pouco mais sobre este local, como funcionou o processo de seleção e porque destinar um espaço para adultos, conversei com o Mario J. Silva, gerente do núcleo de programação e parcerias. Acompanhe:
Vibrador Literário – O que pretende a biblioteca SP com a sessão de livros para Adultos?

Mario J. Silva – Mostrar que temas tabus e muitas vezes apresentados como vulgares são também arte, cultura e muitas vezes boa literatura. A idéia é que as pessoas possam conhecer melhor a si mesmas e seus desejos, que no fundo são o que nos formam, através de livros que tratam do tema.
VL – Na visita ao local percebi que há outros assuntos, além de erotismo, por exemplo, violência, mas nota-se que o conteúdo erótico é maioria, por quê?

MJS – É meramente uma questão de mercado editorial. Na medida em que as editoras nos apresentam seus catálogos nos compramos o que atende a sessão.

VL – Como tem sido a experiência de ter esse acervo erótico na biblioteca, como as visitantes tem reagido há essa sessão?

MJS – Ainda é cedo para uma análise clara, mas notamos que o interesse passa a crescer dia-a-dia. Como ainda é um tema tabu para uma biblioteca, muitos olham ou passam rapidamente pelo local. Mas já há os que retiram livros para empréstimo. No mês de junho o tema da programação da BSP será AIDS. Criarei algumas ações voltadas ao público adulto que falarão abertamente sobre AIDS e sexo hoje. Pretendo assim estimular as pessoas a conhecer melhor este acervo específico da BSP
VL – Como surgiu a idéia de ter essa seção? E como é a seleção dos livros que para essa sessão?

MJS – Surgiu durante o projeto da BSP quando foi colocado o tema sobre qual seria o acervo da BSP. Numa dessas discussões percebeu-se que nenhuma biblioteca pública no Brasil tratava deste tema ou falava com um leitor afinado com ele.

VL – Recomenda algum livro da sessão adulta?

MJS – Recomendo ‘O Livro Negro de André Dahmer’. Absolutamente genial.

Conheça a Biblioteca de São Paulo

BPS geral

Biblioteca de São Paulo

Av. Cruzeiro do Sul, 2630, Santana – ao lado da estação Carandiru do metrô

Horário de funcionamento de terça a sexta das 9 às 21 horas

Sábados, Domingos e Feriados das 9 às 10 horas Telefone – 11 – 2089-0800

(mais…)
Anúncios

Read Full Post »